UK Tour: York

Com muitos agradecimentos, hoje me despedi dos pais do Shaun. Foi nosso último pernoite no QG em Barlick. Antes de partir, ainda passamos pelo Leeds and Liverpool Canal. A navegação no canal foi muito importante para o desenvolvimento de Barnoldswick em tempos idos, mas hoje serve muito mais ao lazer que ao transporte de mercadorias.

Casa dos pais do Shaun

Leeds and Liverpool Canal em Barlick

De Barnoldswick (A) fomos a um Park & Ride para então poder entrar em York (B) (o centro da cidade também estava fervilhando com as compras de Natal). Como o Shaun tinha algumas coisas a fazer para seu trabalho, ficou na biblioteca, e acabei passeando sozinho quase todo o dia.

A cidade de York, fundada pelos romanos, tem quase 2.000 anos. Chegou a ser uma das capitais do Império Romano na Grã-Bretanha. Lá, no ano de 306, Constantino foi proclamado Imperador. A fortificação medieval persiste na sua quase totalidade e encerra o centro urbano, onde o trânsito de automóveis é bastante restrito.

Portão na fortificação de York e casas medievais

Também na parte fortificada da cidade está York Minster, a segunda maior catedral gótica da Europa (a primeira é a de Colônia, perto de Bonn, onde será meu estágio).

As grandes catedrais na Grã-Bretanha costumam cobrar (não, não é uma simples “doação”) pela entrada de visitantes. Mesmo que pareça um tanto abusivo exigir dinheiro para entrar em uma igreja, isso até se justifica, considerando-se que são construções gigantes e antigas que requerem manutenção constante e cara. Se eu fosse visitar várias igrejas, as libras fluiriam (em volume ainda maior…) para fora dos meus bolsos! Porém, eu não podia deixar de visitar o interior de alguma catedral: escolhi a de York, pela sua importância histórica.

Estátua de Constantino em frente a York Minster

Saindo de York (B), voltamos a Newark-on-Trent (C), para jantar e pernoitar (como na primeira noite do tour) na casa de amigos do Shaun. Desta vez, eu finalmente os conheci: Paul e Kirstin. Casal muito simpático, eles gostam muito de viajar e são apaixonados por Portugal! E o sotaque deles (o da Kirstin em particular) é bem mais compreensível, então voltei a achar que eu realmente sabia alguma coisa de inglês. 😛

Exibir mapa ampliado

Uma ideia sobre “UK Tour: York

  1. Pingback: Aquincum: a origem romana de Buda | Martin D. Brauch

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s