Desnovidade compensada com novidade

Pela primeira vez desde que cheguei a NYC, e olha que isso faz quase três semanas (quase inacreditável!), almocei num restaurante onde já tinha almoçado. Aliás, almocei no lugar onde fiz meu primeiro almoço – o Subway da Laguardia Place.

Não, ainda não esgotei as opções gastronômicas do Village. É que, entre duas aulas, tinha apenas 45 minutos de intervalo para almoço – então, por questão de praticidade, e só por questão de praticidade, repeti o restaurante. E digo isso quase com vergonha. Mas tudo bem, porque minha intenção é inovar habitualmente e repetir apenas excepcionalmente, na medida do possível.

Tão envergonhado estava, com sentimento de culpa pela falta de criatividade do almoço, que resolvi compensá-la fazendo algo que ainda não tinha feito: fui nadar. Não, Lucila, não no Hudson River.😛 Fui nadar no Coles Sports Center, o centro esportivo mais próximo da NYU. Free para estudantes, ou melhor, free-of-extra-charges para estudantes!

Se repetir restaurantes vai inevitavelmente acabar virando rotina (até porque, quando esgotar o Village, não pretendo ter que ir pra Uptown pra achar restaurantes “inéditos”, muito menos pro Brooklyn ou pro Queens), natação também vai passar a fazer parte do meu dia-a-dia (ou do meu a-cada-dois-dias). Além de “an apple a day” para “keep the doctor away”, é bom eu me exercitar!

O grande problema de fazer natação é a fome. Bah, eu voltei pra casa e comi fruta, barra de cereal, pão, até uns nacos de madeira da mesa. Que fome. Vou acabar gastando mais em comida. Haha… São tragicômicas essas minhas preocupações de “rapaz latinoamericano sem dinheiro no banco, sem parentes importantes e vindo do interior [do Brasil, mas, na real, da perspectiva dos EUA, eu vim do exterior]”.

Uma ideia sobre “Desnovidade compensada com novidade

  1. Camila

    Caraaaa, Martin, que engraçado essa citação de Belchior!!! Tu sabia que ele desapareceu??? Faz dias que sumiu nem família nem ninguém sabe onde ele está, a única coisa que conforta é que provavelmente ele não está mto longe já que “tem medo de avião” e é “apenas um rapaz latinoamericano sem dinheiro no bolso”. Mais uma atualização das coisas que acontecem por aqui! bjao

    Curtir

    Resposta

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s