A propósito deste blog (sim, ele tem propósito!)

A palavra guri tem origem no idioma tupi e literalmente significa pequeno. Em especial no Rio Grande do Sul, guri é o mesmo que criança, menino de no máximo uns 18 anos.

(Será? A definição não é assim tão objetiva. Forçação de barra afirmar: Considera-se guri toda criatura humana de x a y anos de idade. Máximo de 18 anos é uma idéia básica do que seria um guri. Mas uma idéia básica do que vem a ser um guri, em verdade, todo o mundo tem. Começo a me arrepender de ter escrito essa introdução…)

Com letra maiúscula, Guri é um apelido que me deram minhas irmãs, por eu ser o único guri dentre os três irmãos, e caçula. É bem verdade que eu, com 20 anos e 1,90 de altura, não me enquadro em nenhuma das definições. Mas, assim como família, apelido não se escolhe…

Então, é blog do Guri porque familiarmente eu sou o Guri. E é blog do Guri também porque facilita divulgar o link: blogdoGuri.blogspot.com.

Preciso confessar: outra razão é a de que as primeiras opções de nomes para o blog já tinham sido tomadas por outros bloggers. Muitas dessas minhas opções primeiras, aliás, vieram a tornar-se blogs de um post só. Sim, blogs com post único, de uns cinco anos atrás. Assim se impede que os bons nomes de blog sejam utilizados por pessoas que, como eu, querem aproveitá-los de fato. Hrumpf!

O blog do Guri não é um blog de um post só. É meu recanto para extravasar tudo aquilo que eu gostaria de dizer, mas que só tenho coragem de escrever – e que, por causa da correria da vida, acabo não escrevendo. Decidi me dar esse tempo de escrever, porque sempre gostei (e há quem diga até que eu não escrevo mal). Além disso, quero um blog para:

  • permitir a fluência do meu pensamento, sem deletar texto de que me arrependa;
  • escrever estrangeirismos sem itálico impunemente;
  • dizer o que eu penso sem grandes pudores;
  • esquecer as regras de próclise, mesóclise e ênclise quando sua aplicação for ridícula…

Aí está, quase uma carta de intenções… Mas não se trata de lista exaustiva. Poderia dizer também que quero um blog porque nunca tive um, fora o climabrasil (neste ponto, deve estar evidente que escrever sobre mudanças climáticas e divulgar clippings de notícias sobre o tema não tem absolutamente nada a ver com o que eu pretendo para este blog aqui).

Quero um blog porque sim. Quero um blog sem ter que dizer por quê.

Anúncios

4 ideias sobre “A propósito deste blog (sim, ele tem propósito!)

  1. Eduardo Tillmann

    uu.. profundo! hehe Tipo.. até agora ta massa! quero ver a primeira postagem! hehe! Só não vai fazer q nem eu… tenho vergonha de postar.. e falta de tempo tbm! ahhaiuha 😉 Abraço!

    Curtir

    Resposta
  2. MDBrauch

    É isso aí, Dudu: valeu pela primeira visita! Volte sempre!Enfrento os mesmos problemas que tu: falta de tempo e de vergonha. Mas meu esforço será ao máximo no sentido de vencer ambas as dificuldades. Quero mesmo que o blog seja ativo.

    Curtir

    Resposta
  3. Anonymous

    E ai Gurizinho???????!!!!!!Teu blog, ao mesmo tempo concreto, certeiro… Mas também malandro, maneiro. Prá nós, nem tanto ligados nessas atividades internéticas (quem faz isso só por prazer, se já somos obrigados a fazer no mínimo 8 horas por dia de trabalho??), é sempre um grande deleite encontrar uma literatura saudável na rede.CaVoFi

    Curtir

    Resposta
  4. Pingback: Meu blog, minha vida | Martin D. Brauch

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s