Sampa indo pros finalmentes

Não, não me estava fazendo de louco postando sobre o álbum do Coldplay para download gratuito. Sei que devo outras satisfações.

Dormi da 1h até as 8h, o que até foi bastante nesses tempos em São Paulo, mas acordei com cara de alguém que nunca dormiu na vida. As olheiras iam até a altura dos calcanhares. Mas melhoraram bastante até que chegasse ao Consulado dos EUA para a entrevista do visto.

Estava nervosérrimo. Quando a minha senha apareceu como uma das próximas no painel eletrônico, verifiquei a pulsação por 15 segundos. Não precisei nem pôr os dedos no pulso ou no pescoço – todo o meu ser retumbava. Deu 20 batimentos, ou seja, 80 por minuto. Em repouso. E aí me lembrei que depois de exercícios pesados nos treinos de natação, nos meus bons e curtos tempos na equipe do Clube Diamantinos, dava 17 ou 18.

Todo esse fiasco cardíaco pra nada. Cheguei na janelinha da entrevista e entreguei os formulários obrigatórios. A funcionária perguntou (e eu respondi) pra onde vou (Nova York), pra que (Mestrado em Direito Internacional), em que universidade (NYU). “You’re going to N-ah-Y-ah-U? That’s awesome!!! You’re gonna love living in New York. And ah, the Village… [suspiros]” (O Village – Greenwich Village – é onde fica a NYU e onde moravam os personagens de Friends.)

Bom, tive de pagar mais umas taxinhas. Aditamento para este post aqui: envio de sedex: 39 reais; taxa de visto de estudante: 40 dólares – será que isso não termina nunca? Mas, fora isso, nada mais. Tranquilíssimo. (Sim, é isto: tenho um visto de estudante para os EUA!)

Depois de almoçar no Subway do Shopping Center Ibirapuera, e de esperar 1h20min pelo ônibus 5154-10 Estação da Luz (que tinha passado um minuto antes de eu chegar à parada de ônibus), voltei caminhando pro apartamento da minha prima (e é claro que o 5154-10 passou por mim um minuto depois, quando eu já não podia voltar para o corredor a tempo de apanhá-lo).

Mas foi legal. Gosto de conhecer os lugares caminhando. Caminhei moooito, até fazer calo no pé. (Ops, eu já tenho um – ósseo, aliás!)

View Larger Map

No mais, pra não restarem dúvidas: o resultado da dinâmica de grupo, aquele que deveria ter saído ao longo da semana, não saiu. Se for aprovado, terei de voltar a São Paulo (talvez já na semana que vem?) – o que, não fosse pelo bolso, nem poderia ser considerado penoso. Ou seja, espero ter de voltar, porque gostei, e porque espero ser aprovado!

Pra fechar todas: apareceu no ar nossa foto na night paulistana: da esquerda pra direita, o aniversariante-do-dia, o primo-cunhado, a prima-irmã e o Guri.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s