It’s the end of the world as we know it…

Pra não chatear uma leitora assídua e muito importante do blog – a saber, minha mãe! -, explico preliminarmente que o título do post é uma referência à primeira linha do refrão de uma música do REM. Traduzindo literalmente: “É o fim do mundo como o conhecemos”. (Depois a música segue: “and I feel fine” – “e eu me sinto bem”!)

Agora, ao assunto do post: Gmail fora do ar. O que será que está provocando esse evento raro? Em si, o evento já é bastante grave, mas espero que não seja ainda mais grave. A perda de dados e mensagens seria uma catástrofe, pelo menos pra mim – e isso me faz pensar na estupidez que é depender de um servidor remoto para guardar dados.

É verdade que confiar exclusivamente no bom e velho HD também não é lá muito seguro, e então talvez o ideal seja ter mensagens e dados espalhados por aí, em vários backups – digamos em casa (ou no escritório) e na web. Isso, porém, para pessoas que já tendem a ficar um pouquinho neuróticas (eu?!), pode acabar naqueles exageros escancarados (tipo, sei lá, backups na casa da titia).

Ok, inspira-expira… tentando manter a calma… o Gmail vai voltar ao ar.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s