Tarefas domésticas

Foi bom enquanto durou, mas o estoque de roupa tinha suas limitações: chegou o dia de ir ao “lavadero automático”. O negócio fica a uma quadra de casa. De véspera tinha dito ao chefe que chegaria um pouco mais tarde por causa de tarefas domésticas. Peguei a sacola de roupa e me fui, às 8h da manhã. Grande: só abria às 9h. Voltei para casa e felizmente Virginia disse que me faria o favor de levar minhas roupas uma hora mais tarde. Depois disso, saí às pressas para a fundação. Na volta, acertei as contas (5,50 pesos – muito barato!) com Enrique, que tinha buscado minhas roupas, e fui dobrar e guardar.

E foi aí que veio a nada agradável surpresa: algumas peças estavam um pouco “chicadas”. Encolheram principalmente as meias: de um 42 para um 38, creio eu. O raciocínio de Enrique fez bastante sentido: põem a secadora a funcionar muito forte, para secar mais rápido, para poder secar mais roupas, para ganhar mais plata. Bom, que posso fazer agora? O máximo que vai acontecer é eu ter de ir às compras… E, claro, na próxima vez, secar tudo no varal!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s