Tarefas domésticas

Foi bom enquanto durou, mas o estoque de roupa tinha suas limitações: chegou o dia de ir ao “lavadero automático”. O negócio fica a uma quadra de casa. De véspera tinha dito ao chefe que chegaria um pouco mais tarde por causa de tarefas domésticas. Peguei a sacola de roupa e me fui, às 8h da manhã. Grande: só abria às 9h. Voltei para casa e felizmente Virginia disse que me faria o favor de levar minhas roupas uma hora mais tarde. Depois disso, saí às pressas para a fundação. Na volta, acertei as contas (5,50 pesos – muito barato!) com Enrique, que tinha buscado minhas roupas, e fui dobrar e guardar.

E foi aí que veio a nada agradável surpresa: algumas peças estavam um pouco “chicadas”. Encolheram principalmente as meias: de um 42 para um 38, creio eu. O raciocínio de Enrique fez bastante sentido: põem a secadora a funcionar muito forte, para secar mais rápido, para poder secar mais roupas, para ganhar mais plata. Bom, que posso fazer agora? O máximo que vai acontecer é eu ter de ir às compras… E, claro, na próxima vez, secar tudo no varal!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s